Redes P2P

Descentralização do SPFBL

 

A descentralização do serviço SPFBL deve ser feito através de redes P2P:

 

Todos os servidores que rodam o serviço SPFBL, compartilham informações entre si.

 

Aqui vemos um exemplo de rede com três pools, onde cada pool tem um servidor, cada servidor SPFBL tem três servidores de e-mail e cada servidor de e-mail tem três usuários.

 

Responsabilidades dos elementos:

 

  • Usuário: denunciar as mensagens SPAM que passam para ele utilizando de ferramentas disponibilizadas pelo administrador do seu MX.
  • Administrador do MX: fornecer ferramentas de denúncia para seus usuários e bloquear permanentemente as fontes SPAM 100% comprovadas.
  • Administrador do pool: criar regras de utilização do pool, onde os administradores MX decidem se desejam aderir ao pool, verifiar se as regras estão sendo cumpridas e se conectar a outros pools que tenham ideais de bloqueio semelhantes ao dele.

 

O ideia de se conectar a outros pool com semelhança de ideais de bloqueio serve para criar uma rede de confiança, onde um pool sempre irá enviar informações na qual seu par concorde sempre. Não é correto um pool enviar informação de bloqueio sendo que o outro pool não concorde. Neste caso o pool que recebeu a informação deve passar a rejeitar as informações do pool de origem e procurar outros pools com melhor reputação.